quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Mochilando - Osorno - Chile

Quando chegar ao Brasil, vou beijar o chao.

To em crise.

Quero voltar pra casa, quero minha mae, quero sentir o cheiro da Lara, quero ir no cinema com meu namorado, quero ir no Extra, quero minha cama, quero comer feijao, quero pipoca salgada (aqui so tem doce - palomitas dulces), quero pao de queijo, quero ouvir portugues! Ahhhhhhhhhh!!!!!!

Tudo comecou ontem, na saida da Argentina e entrada no Chile. Como sempre, nossas saidas e entradas sempre tem algo pra contar.

Depois do passeio conturbado a San Martin e outras cidades, fomos dormir quase meia noite. Pus o relogio pra despertar 5:30, pois o Taxi (coisa que nunca haviamos pegado, mas em Bariloche amanhece la pelas 8 horas, antes disso eh mto escuro e nao teria onibus nesse horario, e tb sairia somente 10 pesos ate o terminal de bus) passaria 6:15 para nos pegar.

Ok, acordo com a Renata falando: "Fe, no meu relogio sao 6:05, ve que horas sao no seu."
Quando olho, realmente eram 6:05. O bendito despertador da marca SONECA de 5,00 nao tocou! Ahhh, la vamos nos, desespero total, malas pra fazer... pulamos da cama, pegama os bolos de roupas e socavamos na mochila, nos trocamos, bebemos leite gelado, e estavamos na porta as 6:15, quando o taxi parou. O que costumamos fazer em 1 hora, fizemos em 10 minutos.

Ficamos estressadas, nos? Imagina!

No terminal, um niño (menino) nao calava a boca atras de mim. Comecou a subir o sangue. Blablatagaralalala, arrrggghhhh!!! Nao aguentava mais ouvir espanhol na minha orelha!!!!!!!!! Quero portuguesssssssss!!!!!! Ta.

Subimos no onibus. Um frio de daná, e desce todo mundo na imigracao argentina. Os homens de verde, cara de indio, me senti num filme do Rambo no meio de vietnamitas. Filas. Carimbo daqui, formulario de la, e vamos pro Chile.

Recebos um lanchinho do onibus. Eu fui devorar tudo, dai comecei a comer um troco estranho, torta de marmillo, algo assim, mas nao tinha gosto de nada. De repente..... o inferno comecou. De um vez, instantaneo. Comecei a passar mal, MAS TAO MAL, nao sei descrever. Vontade de vomitar, cagar, mijar, tudo rodando, a boca enchendo de saliva, doendo minha barriga, meu olho fechando sozinho, dava calor, abri a blusa, suava as maos, ahhhh!!!! Sera que foram as tortillas??? Nao era possivel!!! Comecei a me concentrar pra nao vomitar e etc e tal. Dai a Re disse: "eh pq ta subindo, eh a altitude!!! ". Nossa. Nunca senti aquilo! Queria minha mae! Dai o onibus descia e subia, correndo, e virava. Arrrghh, bluughghhh, SOCORRO!!!
Tive rapidas sonecas com sonhos estranhos, dai acordava e dormua de novo. Mas nao era sono, eram como pequenos desmaios, eu ficava como uma Joao Bobo pra la e pra ca, de boca aberta e olhos fechados. So faltou babar.

O onibus parou. Desceu todo mundo com as bolsas. Eu cambaleando, tbm desci no frio. Vimos varias placas de Maças Proibido Entrar. Mais formularios pra preencher. Passamos tudo na esteira. Era a imigracao do Chile. Tivemos que jogar 4 maças no lixo. Os mochileiros jogavam varios pacotes de salsichas, e etc. Nao podia entrar com produtos de origem vegetal ou animal.
Mais filas. Carimbos. Tomei um Dramin. A Renata disse que era como um remedio milagroso para isso!! Perguntei pro motorista sobre a altitude e falei que passei mto mal. Ele disse, em espanhol, claro: "Eh assim mesmo, atravessamos a Cordilheira, uns 1500 metros acima do nivel do mar +-, mas ja descemos de novo, na Bolivia e Peru, eh mto pior".
Que animador!!! Poxa!

Voltamos pro onibus, fui me concentrando ate chegar em Osorno, vertigem total. Descemos e fui correndo pro banheiro. So la dentro ia ver de que lado sairia o necessario para eu melhorar! Quando estava la dentro da cabine, escuto uma discussao. Um mulher dizendo que tinha que pagar ou senao tinha que limpar! E umas meninas respondiam que so tinham pesos argentinos e nao chilenos! A mulher nao queria e comecou um bate boca. Imaginem meu estado dentro da cabine!!! Pagar? Banheiro? Sera? Sai da cabine e vejo na porta do banheiro: "Damas $150". Ah que otimo!!!! Eu tb nao tinha peso chileno!!!!!!!!!!! Tava me preparando pra limpar a privada ou sair correndo. Nao sei. Lavei a mao e a velha general estava de costas pra mim, enrolando papel higienico. Uma outra sai do banheiro dizendo "gracias". Sai atras dela como se nao sabousse de nada. A velha nao viu!!!!!!!!!! AHHHHH!!!!!!!!!!!!!!! SUCESSO!!!! hahahahahahahaha Caguei e nao paguei!! Uhuuu!!
Finalmente algo de bom! Sentei e vi dois policias passando. Gelei. Sera que vinham atras de mim pq nao paguei pra mijar?? Ufa, passaram reto. Ok. Compramos passagem para Santiago, as 7:30 da noite. Era 1 hora da tarde no meu relogio. Ok. Esperar 6 horas sem mijar. Olhava ao meu redor e um fim do mundo, cheio de cara de indio, mochileiros por toda parte, bichos-grilos. Crissto! Snif snif buaaaa! Pagar pra cagar! Ahh!!

Fiquei passando mal na cadeira e a Renata foi procurar cambio. Vertigem, ansia. O menino da Internet trocava!!! Ufa! Trocamos os 20 pesos argentinos que nos restavam por 2 mil pesos chilenos. Ela foi mijar e pagou os $150, a general marcou em cima dessa vez.

Fui procurar pure de batata (pure de papas), precisava comer algo neutro, ia melhorando aos poucos. Quando sai do outro lado do terminal, uma visao. Estava no Bras!!!! Camelôs por todo o lado, hipermercados, 2!!! Que paraiso!!!!!!!!! Comi pure, comprei agua, pao e o melhor: num dos mercados nao precisava pagar pra usar o banheiro!!!!
=D EEEEEEEEE!!!!!!!!!!!!!!!

Quando faltava somente 1 hora pro nosso onibus, percebemos algo. O fuso horario no Chile, era uma hora a menos. AHHHHHHHHHH!!!!!!!!!! Mais uma hora sentada naquele muquifo! Lugar medonho!
Uma senhora muuuuiiito simpatica conversou conosco, nos deu um chaveiro da Goodyear, de onde ela trabalhava! Que fofa! Disse que tinha 2 filhas da nossa idade. E conversa vai e vem, ela disse pra nao irmos pro Atacama, que nao valia a pena, era so terra e ceu! Coisa que vimos mto na volta de San Martin. Por mim, otimo! Pulamos! Do jeito que to mal, so penso na minha casa!!

Achei um leite quente!!!! Ai que delicia!!!

Subimos no onibus da Tur-Bus. Mto confortavel! Cama. E la vamos nos, 12 horas ate Santiago. Me garantiram que nao ha subidas nem descida ate la!!!

6 comentários:

Luci disse...

Oi. Fiquei preocupada com esse mal estar. Tenta repousar mais. Qualquer coisa, se piorar, procure o Pronto Socorro, pois como o motorista disse, Bolivia e Peru vai ser pior.
Se cuida.

Bjs

anjo disse...

Hahahhahahahahahaha!!!!
Até eu vou correr para o banheiro senão faço na calça de tanto rir, Ta aí fernanda vc queria um roteiro para nossos curtas, este ja esta escrito...sóajustar a lingua e ganharemos a framboesa de ouro!!!
Meu que legal que tá esta viagem, melhor ainda foi a parte que vc deu um jeitinho brasileiro de nao pagar o banheiro.

E sobre o peru...relaxa...vc vai sobreviver. Ninguem vai acreditar qd vc disser que passou mal subindo no peru!...nao pude evitar a piada...rsrsrs...sorry.

Hey num deixa velha nenhuma desviar o caminho, mesmo que seja Ceu e terra....existem mais coisa entre o ceu e a terra do que imagina esta velha que não viveu!
Viva tudo que puder por ai...tudo,todas as paisagens, cores, sabores e caganeiras que vierem...e se sentir medo, relaxa o ramboesta de volta e ja tem data de estreia.

Bjos, queromaisnoticias.
Fred

Erick disse...

viu soh?!? nada como um bom "arroz com feijao"!!
se ateh no extra vc quer ir eh pq a coisa tah feia!!! kkkkkkkkkkkkkk
depois eu escrevo mai pq acabo o dindim!!

bjo

Erick disse...

Sobre o q o FREDY escreveu, nao aproveita mto nao tah!!!
Ai fredy, tah querendo entrar em guerra com Napolionnn?!?!? Humpf!!!
Nao poderia ficar sem citar RAMBO nessa viagem... kkkkkkkkkkkk
Maldita tortinha!! foi isso entao q sua mae me falou!!!nao sei nao se foi altitude... ainda acho q foi a tortinha!! ou seria as maças?!?! Dramim eh pra enjoo msm!!
Eh isso ai, soh uma cagadinha nao pega nada... Pagar pra adubar a terra dos outros?!?! eh ruim hein!! eu teria feito o msm!! parabens!!!
Adorei a parte do cinema com o namorado!!! ;) Ahhhh, jah mudei a data da carteirinha!!! mas tive q formatar o PC e to sem Photoshop, fiz no paint!! fico igual!! SERIO!!! agora tenho q imprimir ainda... volta pra gnt usar logo pq tem varios filmes pra gnt ver!!

Bjao amor!!
Saudades!!

Pocahontas disse...

E da amiga aqui não tem saudades ow ingrata...

Como a Ingrata não revela a inconstate vontade de me ver tb, hahaha, uma musiquinha pra acalmar os nervos

Cómo quisiera poder vivir sin aire?
¿Cómo quisiera poder vivir sin agua?
Me encantaría quererte un poco menos.
¿Cómo quisiera poder vivir sin ti ?

Pero no puedo, siento que muero,
me estoy ahogando sin tu amor.

¿Cómo quisiera poder vivir sin aire?
¿Cómo quisiera calmar mi aflicción?
¿Cómo quisiera poder vivir sin agua?
Me encantaría robar tu corazón.

¿Cómo pudiera un pez nadar sin agua?
¿Cómo pudiera un ave volar sin alas?
¿Cómo pudiera la flor crecer sin tierra?
Cómo quisiera poder vivir sin ti.

Pero no puedo, siento que muero,
me estoy ahogando sin tu amor.

Cómo quisiera...

¿Cómo quisiera lanzarte al olvido ?
Cómo quisiera guardarte en un cajón?
¿Cómo quisiera borrarte de un soplid?
Me encantaría matar esta canción.

Iupiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Miga Saudadonas de vc

tais disse...

Oi!!! achei muito engraçado vc passando mal...fiquei imaginando tua cara! hahahha...no sacode do onibus ainda, deve ter sido um inferno! gostei de q o Fred falou, de vc passando mal subindo no peru, hahah..soh faltou tocar britney pra melhorar! Pagar pra cagar foi otimo tb! ... q sera q tinha naquele treco q vc comeu! pelo menos nao era nenhuma droga alucinógena!...

bom passeio! visite atacama e dane-se a velha!